Técnico brasileiro denuncia ‘máfia’ na Bolívia e questiona arbitragem na Copa do Mundo



O técnico brasileiro Vinícius Eutrópio está no comando do Bolívar. Crédito: Conmebol

O técnico brasileiro Vinícius Eutrópio, com passagens por Atlético-PR e Fluminense, que hoje comanda a equipe do Bolívar, da primeira divisão da Bolívia, fez duras críticas ao campeonato local e à federação de futebol daquele país. Segundo Eutrópio, há uma “máfia” na arbitragem, comandada pelo presidente da Federação Boliviana de Futebol, César Salinas. E o treinador brasileiro levantou suspeita sobre os árbitros bolivianos no esquema. Um deles, Gery Vargas, estará na Copa do Mundo, mês que vem.

O treinador Vinícius Eutrópio ficou inconformado com a atuação dos árbitros na partida entre Bolívar e The Strongest, pela semifinal da competição nacional, no último fim de semana. Segundo Eutrópio, a arbitragem é sempre tendenciosa a favor do The Strongest, cujo presidente, até o mês passado, era César Salinas.

Hoje, o clube está sob comando do seu sobrinho, Henry Salinas. Vinícius Eutrópio fez um alerta, pois um árbitro boliviano, estará na Copa do Mundo da Rússia. Gery Vargas é um dos integrantes da equipe de vídeo (VAR) que trabalhará no Mundial na Rússia.

“A coisa está escancarada mesmo. Não é uma questão de um erro. É uma máfia estabelecida, organizada. Que seriedade tem um árbitro desse que vai a uma Copa do Mundo? A gente começa a questionar a seriedade disso tudo“ revelou Eutrópio, em entrevista à coluna.

O treinador explicou que o presidente do Bolívar, Guido Loayza Mariaca, vai contestar a eleição de Salinas na federação, com queixas formais na Conmebol e na Fifa. Gery Vargas já apitou jogos de quatro clubes brasileiros em 2018: Vasco, Palmeiras e Santos pela Libertadores, e Atlético-PR pela Copa Sul-Americana.



MaisRecentes

Final da Libertadores desperta interesse do espectador brasileiro e audiência explode



Continue Lendo

Pedro Abad pode deixar o comando do Fluminense ainda em 2018



Continue Lendo

Contratação de Felipe Melo pelo Flamengo faz parte de ‘presente de Natal’ pedido por Abel Braga



Continue Lendo