Investimento milionário na Granja Comary incomoda dirigentes de clubes da Série A



O Centro de Treinamento da Seleção Brasileira, na Granja Comary, em Teresópolis, recebeu alto investimento. Crédito: LANCE!

Três dirigentes de clubes brasileiros demonstraram inquietação sobre os valores gastos pela CBF no Centro de Treinamento Heleno Nunes, na Granja Comary, em Teresópolis. Foram R$ 17 milhões em reformas e aquisição de equipamentos. Para o vice presidente de futebol de um importante clube do eixo Rio-São Paulo, esse dinheiro seria mais bem aplicado no emprego do VAR (arbitragem por vídeo), nas partidas do Campeonato Brasileiro.

A CBF alegou que não teria como arcar com os custos da operação, que seria de R$ 20 milhões por campeonato, e sugeriu que a conta fosse paga pelos clubes. Segundo esse dirigente, ficou claro que a preocupação maior da entidade máxima do futebol brasileiro é com a Seleção.

Outro dirigente, quando informado que as instala-ções poderiam ser utilizadas pelos clubes, falou:

“Não me interessa, eu já tenho Centro de Treinamento. E a CBF tem de deixar de ser paternalista, que cada clube construa o seu”, esbravejou.



MaisRecentes

Gestão de associação coloca clubes de Santa Catarina na vanguarda do futebol



Continue Lendo

Internet e canais de filmes podem transmitir jogos do Brasileirão a partir de 2019



Continue Lendo

Zagueiro Igor Rabello pode deixar o Botafogo e se transferir para a Itália



Continue Lendo