Investimento milionário na Granja Comary incomoda dirigentes de clubes da Série A



O Centro de Treinamento da Seleção Brasileira, na Granja Comary, em Teresópolis, recebeu alto investimento. Crédito: LANCE!

Três dirigentes de clubes brasileiros demonstraram inquietação sobre os valores gastos pela CBF no Centro de Treinamento Heleno Nunes, na Granja Comary, em Teresópolis. Foram R$ 17 milhões em reformas e aquisição de equipamentos. Para o vice presidente de futebol de um importante clube do eixo Rio-São Paulo, esse dinheiro seria mais bem aplicado no emprego do VAR (arbitragem por vídeo), nas partidas do Campeonato Brasileiro.

A CBF alegou que não teria como arcar com os custos da operação, que seria de R$ 20 milhões por campeonato, e sugeriu que a conta fosse paga pelos clubes. Segundo esse dirigente, ficou claro que a preocupação maior da entidade máxima do futebol brasileiro é com a Seleção.

Outro dirigente, quando informado que as instala-ções poderiam ser utilizadas pelos clubes, falou:

“Não me interessa, eu já tenho Centro de Treinamento. E a CBF tem de deixar de ser paternalista, que cada clube construa o seu”, esbravejou.



MaisRecentes

À espera de decisão da Justiça sobre eleição, oposição se movimenta no Vasco



Continue Lendo

Instituto Guga Kuerten consegue captar doações via ‘Clube do Patrocínio’



Continue Lendo

Grupos respeitam luto por Eurico, mas rearrumação política está em curso



Continue Lendo