Contrato de meio bilhão de reais, por direitos do Brasileirão no exterior, está nas mãos dos clubes



Os direitos de transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro para o exterior estão sendo negociados. Crédito: Divulgação

Um contrato de R$ 550 milhões pelos direitos de transmissão do Brasileirão, para os próximos quatro anos, para o exterior, está nas mãos dos clubes. Segundo a CBF, uma comissão formada por algumas agremiações como Cruzeiro, Atlético-PR e Palmeiras, está negociando diretamente com um grupo de empresários brasileiros. Apesar de ainda não ter assinado, apenas alguns mínimos detalhes separam a caneta do papel. O acordo prevê a TV aberta, fechada, streaming e placas nos estádios.

Como a CBF informou à coluna De Prima, a entidade não está fora das negociações pelos direitos. Porém, é a comissão de clubes que está finalizando a conversa com o grupo de empresários brasileiros, liderados por Alexandre Grendene. Gaúcho de Farroupilha, o bilionário Grendene é proprietário do maior fabricante de sandálias do mundo e venceu a concorrência com gigantes internacionais pelos direitos de transmissão. Palmeiras e Cruzeiro foram contatados, mas ainda não responderam à coluna



MaisRecentes

CBF vai se reunir com árbitros para evitar problemas nas rodadas finais do Brasileirão



Continue Lendo

Contestado no São Paulo, Aguirre pode dar lugar a Rogério Ceni no fim da temporada



Continue Lendo

Oposição vai pedir que Diego Alves permaneça no Flamengo



Continue Lendo