Contrato de meio bilhão de reais, por direitos do Brasileirão no exterior, está nas mãos dos clubes



Os direitos de transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro para o exterior estão sendo negociados. Crédito: Divulgação

Um contrato de R$ 550 milhões pelos direitos de transmissão do Brasileirão, para os próximos quatro anos, para o exterior, está nas mãos dos clubes. Segundo a CBF, uma comissão formada por algumas agremiações como Cruzeiro, Atlético-PR e Palmeiras, está negociando diretamente com um grupo de empresários brasileiros. Apesar de ainda não ter assinado, apenas alguns mínimos detalhes separam a caneta do papel. O acordo prevê a TV aberta, fechada, streaming e placas nos estádios.

Como a CBF informou à coluna De Prima, a entidade não está fora das negociações pelos direitos. Porém, é a comissão de clubes que está finalizando a conversa com o grupo de empresários brasileiros, liderados por Alexandre Grendene. Gaúcho de Farroupilha, o bilionário Grendene é proprietário do maior fabricante de sandálias do mundo e venceu a concorrência com gigantes internacionais pelos direitos de transmissão. Palmeiras e Cruzeiro foram contatados, mas ainda não responderam à coluna



MaisRecentes

Grupos políticos do Vasco pedem fim de gasto extra em viagens



Continue Lendo

Rubens Lopes, presidente da Ferj, vê problema em fluxo de pagamento de cotas de TV aos clubes



Continue Lendo

Sem ser relacionado, Deyverson deve conversar com Mano Menezes



Continue Lendo