Campello e a sua difícil missão de escolher os vice-presidentes



Alexandre Campello, presidente do Vasco, terá de formar uma nova equipe de vice-presidentes. Crédito: Reprodução

A saída dos 13 vice-presidentes do Vasco, ocorrida no início da semana, além do desequilíbrio político no clube, gerou outra dor de cabeça para o presidente Alexandre Campello: escolher os substitutos. E para compor uma equipe heterogênea, que poderia garantir mais força no Conselho Deliberativo, devido aos diversos grupos políticos existentes, o mandatário vascaíno tem “quebrado a cabeça” para definir os escolhidos.

E o grupo que pode ser mais beneficiado é o de Fernando Horta e José Luiz Moreira, que já foram aliados importantes do ex-presidente Eurico Miranda, mas que hoje, integram um grupo independente. Algumas pastas têm importância estratégica, como a vice presidência de Comunicação, que controla a secretaria e, portanto, o quadro de sócios.



MaisRecentes

Grupos respeitam luto por Eurico, mas rearrumação política está em curso



Continue Lendo

Botafogo-SP cobra isonomia em promoção no confronto contra o Mirassol-SP



Continue Lendo

Evento de e-Sports terá análise sobre o mercado para empresas



Continue Lendo