Conmebol aguarda estudo com prós e contras da final única na Libertadores



Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol (Foto: Divulgação)

As discussões sobre a adoção ou não de uma final única na Libertadores passam pela espera do resultado de um estudo feito por uma empresa contratada pela Conmebol para analisar os prós e os contras da medida na principal competição de clubes da América do Sul.

Os membros do Conselho da entidade, que inclusive se reúnem nesta terça-feira, em Assunção, na véspera do sorteio da Libertadores, estão debatendo periodicamente o assunto. Mas já está certo que, para 2018, os dois jogos na decisão estão mantidos. Ou seja, uma eventual aprovação só teria efeito a partir de 2019. Não há unanimidade no Conselho da Conmebol sobre o assunto final única. Mas o presidente Alejandro Domínguez é um dos defensores da ideia.



  • Denis

    Jogo único em final de Libertadores é burrice.

  • Zartann Almeida

    Acredito que tinha que construir a longo prazo,( impossível a curto prazo ) um modelo igual a da UEFA , porem teria que ser feito várias exigências para os clubes seguirem um mesmo molde, desde capacidade e condições de estadio, as viagens custeadas num preço razoável de fretados para jogos, enfim teria que envolver alem de entidades de futebol, ainda empresas voltadas ao turismo, junto com as cidades. Criar leis severas numa forma geral, para o esporte poder proporcionar alegria e não destruição!!! Más acredito que isso é uma utopia em nosso continente, porem não impossível!!!!!

  • Gavião Marrento

    Continente 3 mundo querendo Copiar Continente 1 mundo,por isso i outros Motivos Sport Club Corinthians Paulista Deveria abandonar esse torneio mixuruca Imigrar para UEFA para disputar Champions !

MaisRecentes

Conmebol anunciará veredito do Flamengo na segunda semana de janeiro



Continue Lendo

Presidência da Primeira Liga fica com o América-MG; vice é do Paraná



Continue Lendo

Botafogo recupera certificado de clube formador da CBF



Continue Lendo