Em ação de atacante paraguaio, Justiça nega penhora de cota de TV do Botafogo



Carlos Eduardo Pereira preside o Botafogo (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Em processo contra o Botafogo, no qual cobra direitos de imagem e premiação, os advogados do atacante paraguaio Pablo Zeballos fizeram um pedido de penhora das cotas de televisão do clube alvinegro para quitar a dívida. No entanto, a Justiça negou a solicitação.

Segundo entendimento da juíza Milena Angelica Drumond Morais Diz, da 38ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, “não se pode imputar a terceiros (a Globo, neste caso) a obrigação de efetuar em Juízo depósitos mensais de eventuais créditos do Botafogo.



MaisRecentes

Gestão de associação coloca clubes de Santa Catarina na vanguarda do futebol



Continue Lendo

Internet e canais de filmes podem transmitir jogos do Brasileirão a partir de 2019



Continue Lendo

Zagueiro Igor Rabello pode deixar o Botafogo e se transferir para a Itália



Continue Lendo