Em ação de atacante paraguaio, Justiça nega penhora de cota de TV do Botafogo



Carlos Eduardo Pereira preside o Botafogo (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Em processo contra o Botafogo, no qual cobra direitos de imagem e premiação, os advogados do atacante paraguaio Pablo Zeballos fizeram um pedido de penhora das cotas de televisão do clube alvinegro para quitar a dívida. No entanto, a Justiça negou a solicitação.

Segundo entendimento da juíza Milena Angelica Drumond Morais Diz, da 38ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, “não se pode imputar a terceiros (a Globo, neste caso) a obrigação de efetuar em Juízo depósitos mensais de eventuais créditos do Botafogo.



  • paulo cesar oliveira

    Mais um gasto herdado da gestão passada. O MA nunca deveria ter completado seu mandato pois já havia problemas demais . O Conselho e o quadro de associados foram coniventes. Tem uma hora que o amor ao clube, o cuidado com a instituição , isso é maior que qq acordo de cavalheiros entre gestores. Agora temos um porco espinho enraivecido no colo, segura o bicho !

    • Bira Fogão

      PC, uma vez eu disse isso, e até o CEP apareceu pra me responder.

  • Miguel Laskoski

    Até quando a nefanda administração do Sr Mauricio Assumpçao irá assombrar o Botafogo, parece que não para de sair esqueletos do armário. Terminará a gestão de Mufarrej e continuará aparecendo contas assumidas pelo ex presidente!

  • João Castro Castro

    Mais um gasto da maléfica administração do Mauricio Assunção. Em tempo, o que esse jogador paraguaio pede é um absurdo.

  • Álvaro Roberto

    Todo mundo processa o Botafogo… É impressionante a quantidade de jogadores que passaram “anos trabalhando de graça”… Esta mula, não deve ter disputado 6 partidas como titular e quer direitos de imagem. É porisso, que eu acho que alguns dirigentes nossos não tem amor ou respeito ao clube. Tem gente que deveria pagar para vestir esta nossa camisa e está processando o clube como se fosse alguma coisa a mais….. Renato Silva e outros… lamentável ver o clube que abrigou tantos atletas consagrados mundialmente ser tratado como qualquer coisa, até pelos seus próprios dirigentes que deixam qualquer um vestir a nossa gloriosa camisa. História não se apaga, fato é fato.

  • George

    O cara quer direitos de imagem? pqp que imagem, o cara era uma mula, e quer premiação de que? Não ganhou nada, só foi vergonha, se recebeu os salários já tá bom demais. Qualquer advogadozinho ganha essa bosta de causa, espero que o nosso Jurídico não seja fraco, e espante mais este assombro da corrupta gestão do MA.

MaisRecentes

Del Nero estava em reunião quando soube de suspensão. E não pode pisar na CBF



Continue Lendo

Ideia de biometria em setor de organizadas não entra em regulamento da CBF



Continue Lendo

Licitação dará destino a direitos da Copa América que eram da Datisa



Continue Lendo