Em ação de atacante paraguaio, Justiça nega penhora de cota de TV do Botafogo



Carlos Eduardo Pereira preside o Botafogo (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Em processo contra o Botafogo, no qual cobra direitos de imagem e premiação, os advogados do atacante paraguaio Pablo Zeballos fizeram um pedido de penhora das cotas de televisão do clube alvinegro para quitar a dívida. No entanto, a Justiça negou a solicitação.

Segundo entendimento da juíza Milena Angelica Drumond Morais Diz, da 38ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, “não se pode imputar a terceiros (a Globo, neste caso) a obrigação de efetuar em Juízo depósitos mensais de eventuais créditos do Botafogo.



  • paulo cesar oliveira

    Mais um gasto herdado da gestão passada. O MA nunca deveria ter completado seu mandato pois já havia problemas demais . O Conselho e o quadro de associados foram coniventes. Tem uma hora que o amor ao clube, o cuidado com a instituição , isso é maior que qq acordo de cavalheiros entre gestores. Agora temos um porco espinho enraivecido no colo, segura o bicho !

    • Bira Fogão

      PC, uma vez eu disse isso, e até o CEP apareceu pra me responder.

  • Miguel Laskoski

    Até quando a nefanda administração do Sr Mauricio Assumpçao irá assombrar o Botafogo, parece que não para de sair esqueletos do armário. Terminará a gestão de Mufarrej e continuará aparecendo contas assumidas pelo ex presidente!

  • João Castro Castro

    Mais um gasto da maléfica administração do Mauricio Assunção. Em tempo, o que esse jogador paraguaio pede é um absurdo.

  • Álvaro Roberto

    Todo mundo processa o Botafogo… É impressionante a quantidade de jogadores que passaram “anos trabalhando de graça”… Esta mula, não deve ter disputado 6 partidas como titular e quer direitos de imagem. É porisso, que eu acho que alguns dirigentes nossos não tem amor ou respeito ao clube. Tem gente que deveria pagar para vestir esta nossa camisa e está processando o clube como se fosse alguma coisa a mais….. Renato Silva e outros… lamentável ver o clube que abrigou tantos atletas consagrados mundialmente ser tratado como qualquer coisa, até pelos seus próprios dirigentes que deixam qualquer um vestir a nossa gloriosa camisa. História não se apaga, fato é fato.

  • George

    O cara quer direitos de imagem? pqp que imagem, o cara era uma mula, e quer premiação de que? Não ganhou nada, só foi vergonha, se recebeu os salários já tá bom demais. Qualquer advogadozinho ganha essa bosta de causa, espero que o nosso Jurídico não seja fraco, e espante mais este assombro da corrupta gestão do MA.

MaisRecentes

Final com Flamengo bate recorde de audiência do futebol na Globo em 2017



Continue Lendo

Inclusão de técnicos no fair play financeiro da Série A entrará em pauta para 2018



Continue Lendo

Flamengo aprova orçamento de 2018 com verba tímida para contratações



Continue Lendo