Em ação de atacante paraguaio, Justiça nega penhora de cota de TV do Botafogo



Carlos Eduardo Pereira preside o Botafogo (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Em processo contra o Botafogo, no qual cobra direitos de imagem e premiação, os advogados do atacante paraguaio Pablo Zeballos fizeram um pedido de penhora das cotas de televisão do clube alvinegro para quitar a dívida. No entanto, a Justiça negou a solicitação.

Segundo entendimento da juíza Milena Angelica Drumond Morais Diz, da 38ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, “não se pode imputar a terceiros (a Globo, neste caso) a obrigação de efetuar em Juízo depósitos mensais de eventuais créditos do Botafogo.



MaisRecentes

Vasco acerta aumento pontual da exposição do Azeite Royal na camisa



Continue Lendo

Especialistas em Direito do Esporte se unem em um novo escritório de advocacia



Continue Lendo

Caso Everest: Diário Oficial publica autorização para licitar nova sede do clube



Continue Lendo