Base da Seleção tende a seguir sem coordenador



Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Com a proximidade do início da temporada 2018, chega mais perto a hora em que a CBF terá que tomar uma decisão sobre as categorias de base da Seleção. Não há um coordenador para o setor, com Edu Gaspar concentrando a chefia de todas as categorias. E a tendência atual, salvo mudança futura no percurso, é que o organograma continue assim.

A leitura é que, apesar da ausência de coordenador desde a demissão de Erasmo Damiani, cresceu a integração entre os profissionais da base (Carlos Amadeu e Guilherme Dalla Dea) e da principal. Amadeu, inclusive, deve ser confirmado como técnico da sub-20, deixando a sub-17 com Guilherme.



MaisRecentes

Ferj aguarda desfecho da temporada do Fla para alterar ou não tabela do Carioca



Continue Lendo

Cenário de definição dos próximos vices de Del Nero na CBF começa a se desenhar



Continue Lendo

Reunião no Vasco tem ameaça de Euriquinho, segundo Otto



Continue Lendo