Base da Seleção tende a seguir sem coordenador



Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Com a proximidade do início da temporada 2018, chega mais perto a hora em que a CBF terá que tomar uma decisão sobre as categorias de base da Seleção. Não há um coordenador para o setor, com Edu Gaspar concentrando a chefia de todas as categorias. E a tendência atual, salvo mudança futura no percurso, é que o organograma continue assim.

A leitura é que, apesar da ausência de coordenador desde a demissão de Erasmo Damiani, cresceu a integração entre os profissionais da base (Carlos Amadeu e Guilherme Dalla Dea) e da principal. Amadeu, inclusive, deve ser confirmado como técnico da sub-20, deixando a sub-17 com Guilherme.



MaisRecentes

Rodízio de ‘medalhões’ será desafio para Abel Braga no Flamengo



Continue Lendo

De saída do Corinthians, atacante Roger interessa a Botafogo e Vasco



Continue Lendo

Conselheiros do Vasco criticam atuação de diretor de futebol



Continue Lendo