Placar das finanças: Corinthians batalha para fechar 2017 perto do ‘0 a 0’



Roberto de Andrade está no último ano de mandato no Timão (Foto: Daniel Augusto Jr/ AG Corinthians)

No ano que conquistou o sétimo título brasileiro, o Corinthians espera que as finanças reservem algo próximo de um empate entre receitas e despesas. A tarefa não é simples, especialmente porque o balancete formulado ao fim de junho apontava um déficit de R$ 35 milhões (sem contar as dívidas com a Arena). Mas esse “0 a 0” é possível, segundo o diretor financeiro, Emerson Piovezan, citando o ingresso de R$ 18 milhões como premiação de campeão da Série A.

Nesta temporada, conforme admitiu o presidente Roberto Andrade, o Timão teve ainda atrasos no pagamento de luvas com jogadores, mas o clube garante que as parcelas estão sendo regularizadas.



MaisRecentes

Caso vire empresa, investidores podem quitar dívida do Botafogo em até cinco anos



Continue Lendo

Conselheiros do Vasco vão pedir explicação formal a Campello sobre recusa a novos sócios



Continue Lendo

Conselheiros do Palmeiras cobram diretor de futebol Alexandre Mattos



Continue Lendo