Placar das finanças: Corinthians batalha para fechar 2017 perto do ‘0 a 0’



Roberto de Andrade está no último ano de mandato no Timão (Foto: Daniel Augusto Jr/ AG Corinthians)

No ano que conquistou o sétimo título brasileiro, o Corinthians espera que as finanças reservem algo próximo de um empate entre receitas e despesas. A tarefa não é simples, especialmente porque o balancete formulado ao fim de junho apontava um déficit de R$ 35 milhões (sem contar as dívidas com a Arena). Mas esse “0 a 0” é possível, segundo o diretor financeiro, Emerson Piovezan, citando o ingresso de R$ 18 milhões como premiação de campeão da Série A.

Nesta temporada, conforme admitiu o presidente Roberto Andrade, o Timão teve ainda atrasos no pagamento de luvas com jogadores, mas o clube garante que as parcelas estão sendo regularizadas.



MaisRecentes

Oposição se enfurece com Bandeira de Mello e pode pedir a sua exclusão do Flamengo



Continue Lendo

Luiz Felipe Scolari pode ter contrato estendido até 2022 e depois virar manager



Continue Lendo

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo