Conmebol festeja liberdade em relação a contrato da Copa América



Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol (Foto: Divulgação)

O sentimento na Conmebol é de ter conseguido uma espécie de carta de alforria ao oficializar o rompimento do contrato com a Datisa referente aos direitos comerciais e de transmissão da Copa América de 2019. O presidente da entidade, Alejandro Domínguez, inclusive tem ligado para outros dirigentes do continente e comemorado o fato de não haver mais o vínculo com a empresa envolvida no escândalo de pagamento de propina a cartolas.

Agora, resta definir como se dará o processo de venda dos direitos da competição, que será no Brasil. O Conselho da Conmebol tem reunião no dia 27, no Equador.



MaisRecentes

Futebol americano: NFL e Microsoft ampliam parceria de atuação digital



Continue Lendo

Delta torna-se o primeiro parceiro da Olimpíada de Los Angeles-2028



Continue Lendo