Obra que virou obstáculo não paralisa estudos do Flamengo sobre terreno para estádio



O obstáculo mais recente que surgiu nos planos do Flamengo para compra de estádio – o projeto de construção de uma via de acesso para a Ponte Rio-Niterói, como revelou o UOL – não paralisou totalmente a realização de estudos sobre a viabilidade do terreno que o clube planejou adquirir na Avenida Brasil. A análise segue, mas agora com conversas mais intensificadas com a Ecoponte, concessionária responsável pelo serviço, e a Prefeitura do Rio.

O prazo de quatro meses estipulado pela diretoria para bater um martelo sobre o terreno acaba em janeiro, mas uma definição é esperada para antes disso. Enquanto isso, o que está paralisado é o andamento da ideia de fazer um estádio acústico na Gávea.



MaisRecentes

Conselheiros do Palmeiras cobram diretor de futebol Alexandre Mattos



Continue Lendo

No Dia do Professor, COB abre inscrições para curso de iniciação esportiva



Continue Lendo

Mau desempenho do time afeta Maurício Galiotte no comando do Palmeiras



Continue Lendo