Del Nero processa Romário e quer indenização



Del Nero preside a CBF

 

O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, e o senador Romário (Pode-RJ) estão em uma nova batalha judicial. O dirigente processa o Baixinho por dano moral e quer uma indenização na casa dos R$ 10 mil. A ação tramita no Tribunal de Justiça de São Paulo.

O advogado de Del Nero é José Mauro Couto Filho: “É direito constitucional. O cidadão não é obrigado a ouvir esse tipo de xingamento e não fazer nada“, disse Couto, citando palavras usadas por Romário no “Bem, Amigos”, do Sportv, por exemplo.

O juiz Regis de Castilho Barbosa Filho, da 41ª Vara Cível, é o responsável pela análise da ação. De cara, ele já refutou marcar audiência de conciliação “por não vislumbrar a possibilidade de composição consensual”. A Justiça deu um prazo de 15 dias úteis para uma posição de Romário, a contar do último dia 30.

Romário já foi processado por Del Nero antes e condenado pelo mesmo TJ-SP a pagar R$ 20 mil. Outra briga recente foi a tentativa da CBF de barrar a publicação do livro do Baixinho.



MaisRecentes

Conselheiros do Vasco criticam atuação de diretor de futebol



Continue Lendo

Árbitros da Ferj estão sem receber parte dos pagamentos



Continue Lendo

Fora de São Paulo, Paraná lidera número de visitantes na Arena Corinthians



Continue Lendo