Flamengo acumula superávit de R$ 156 milhões após o terceiro trimestre



(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Em sétimo lugar no Brasileirão, o Flamengo acumula um superávit de R$ 156,2 milhões até o terceiro trimestre de 2017. O valor é cerca de R$ 3 milhões a mais que o alcançado em todo 2016 (R$ 153,4 milhões).

Do segundo para o terceiro trimestre, houve redução no superávit (indo de R$ 167,7 milhões para os R$ 156,2 milhões do momento), mas a proporção receita x despesas operacionais até melhorou um pouco. O resultado operacional subiu R$ 2 milhões.

Só que as despesas financeiras, de 30 de junho a 30 de setembro, tiveram um ritmo mais forte (o déficit neste item foi de R$ 15 milhões para R$ 28,5 milhões), gerando a queda de aproximadamente R$ 11 milhões no superávit.

Até o final de setembro, o Flamengo alcançou um volume de receitas operacionais líquidas de R$ 509,9 milhões. Desse total, R$ 491 milhões vieram do futebol, tendo como carro chefe a venda de Vinícius Júnior (cujo valor foi atualizado para R$ 150,4 milhões por causa da variação cambial) e os direitos de transmissão (R$ 153 milhões, até o momento).

Na área das finanças, o clube teve mudança no começo deste mês: o novo diretor para a área foi contratado.



MaisRecentes

Contratação de Felipe Melo pelo Flamengo faz parte de ‘presente de Natal’ pedido por Abel Braga



Continue Lendo

Após confirmação de Valentim em 2019, goleiro Martín Silva deve sair do Vasco



Continue Lendo

Arena da Baixada recebe evento com forças da segurança pública do Paraná



Continue Lendo