Grupo Corinthians Grande define candidato à presidência do Timão



Felipe Ezabella, candidato à presidência do Corinthians (Foto: Reprodução)

O grupo Corinthians Grande bateu o martelo sobre o candidato para a eleição presidencial, em 3 de fevereiro: o candidato será o advogado Felipe Ezabella, de 39 anos. Uma reunião nesta segunda-feira à noite, com cerca de 70 presentes, tornou a escolha pública.

O encontro também serviu para apresentação dos resultados da consultoria da Universidade do Futebol, que formulou um plano de governança para o clube, aproveitando ideias que surgiram em um workshop com membros do grupo político.

O período oficial de inscrição de chapas para a eleição do Corinthians será de 4 a 19 de dezembro. Romeu Tuma Júnior, Antônio Roque Citadini e Osmar Stábile já disseram que vão concorrer. Pela situação, a tendência é que Andrés Sanchez se candidate.

Ezabella, entre outubro de 2007 e dezembro de 2009 (gestão Andrés), foi vice-presidente de Esportes Terrestres. Como conselheiro, foi eleito para dois mandatos consecutivos (2007/2012 e 2012/2015), sendo no segundo eleito Secretário-Geral do CORI (Conselho de Orientação).



MaisRecentes

Oposição se enfurece com Bandeira de Mello e pode pedir a sua exclusão do Flamengo



Continue Lendo

Luiz Felipe Scolari pode ter contrato estendido até 2022 e depois virar manager



Continue Lendo

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo