CBF e Globo ficam perto de assinatura de contrato pelos direitos da Seleção até 2022



Lucas Figueiredo/CBF

A CBF já se acertou com a Globo, mas até esta quinta-feira não tinha assinado contrato para transmissão dos jogos da Seleção Brasileira no ciclo até a Copa de 2022.

Entidade e emissora buscaram o acerto – não só para os amistosos de novembro, mas também para o período até a Copa do Qatar, como informou o UOL – após o insucesso da venda do pacote principal dos direitos da Seleção no processo de concorrência conduzido pela entidade.

O contrato anterior com a Globo para transmissão dos amistosos expirou em dezembro. A emissora ainda usufruiu do direito de passar os jogos pelas Eliminatórias, mas o ciclo se encerrou. A CBF tentou arrecadar alto com a licitação, mas o projeto não deu certo.

A CBF ouviu de emissoras algumas justificativas para a não apresentação de propostas. E isso, segundo a De Prima apurou, envolveu questões financeiras (preço alto) e técnicas (preocupação com o fato de a CBF passar a ser responsável pela geração das imagens).

Com esse desfecho, a agência Synergy não ganhou comissão no volume que gostaria.



MaisRecentes

No Dia do Professor, COB abre inscrições para curso de iniciação esportiva



Continue Lendo

Mau desempenho do time afeta Maurício Galiotte no comando do Palmeiras



Continue Lendo

Possibilidade de apoio de Euriquinho gera desconforto no grupo Sempre Vasco



Continue Lendo