Diretor financeiro do Flamengo acerta saída amigável e fará mês de transição



Paulo Dutra ao lado de Eduardo Bandeira de Mello (Foto: Divulgação)

A “janela de transferências” empresariais fez o Flamengo perder um funcionário importante. O diretor financeiro, Paulo Dutra, está de saída. Aceitou proposta tratada como irrecusável e não vai mais cuidar de uma das funções tidas como vitais na administração do clube.

A informação sobre a saída foi dada pelo Globoesporte.com. Diante desse cenário, o Flamengo já começou a se movimentar para achar um substituto à altura. O clube já tem algumas conversas em andamento. Dutra, como publicou também o UOL, foi “fisgado” por uma grande empresa internacional.

Obviamente não estava nos planos do Fla ficar sem os serviços de Paulo Dutra, que cuidou das finanças rubro-negras nos últimos quatro anos. Mas o profissional, que sai pela porta da frente, já fez um acordo – segundo a De Prima apurou – para participar de um período de transição (cerca de um mês) com o quem a diretoria entender ser o nome adequado para conduzir o trabalho daqui para frente.

Ao mesmo tempo, a diretoria do Fla vê o clube como atrativo para bons nomes da área financeira, sobretudo pelo histórico recente de crescimento econômico.



MaisRecentes

Arena da Baixada recebe evento com forças da segurança pública do Paraná



Continue Lendo

Justiça determina que eleição no Volta Redonda tenha urna para sócios ‘sub judice’



Continue Lendo

Sucesso na temporada faz Fortaleza crescer nas redes sociais



Continue Lendo