Alerj ganha ares de arquibancada e tem provocação clubística entre deputados



Foto: LGSoares/Alerj

Foto: LGSoares/Alerj

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) teve ares de arquibancada na sessão desta quinta-feira, durante discussão do projeto que tem como proposta inicial obrigar a Ferj a usar árbitro de vídeo nas principais competições do Rio.

Os deputados se alternaram nas provocações clubísticas assim que o primeiro orador inscrito, Wanderson Nogueira (PSOL), começou a falar. Ele citou que os clubes grandes do Rio não conheciam a segunda divisão, e então as “participações especiais” começaram. Primeiro, o deputado Flávio Serafini (PSOL) soltou: “O Flamengo não conhece segunda divisão. Tanto Fluminense, quanto Botafogo e Vasco já tiveram oportunidade”.

Aí veio Chiquinho da Mangueira (Pode): “O clube mais vice-campeão é o Flamengo”. Posteriormente, o vascaíno Carlos Osório (PSDB) tomou a palavra e, entre outras declarações sobre arbitragem, soltou: “A estatística mostra: Se é a favor do Corinthians e Flamengo, está tudo bem”. O deputado Tio Carlos (SD) veio logo em seguida: “O Botafogo é o time mais roubado que existe”.

Ao fim das contas, o projeto para implantação do árbitro de vídeo nos campeonatos da Ferj ganhou caráter autorizativo, já que poderia vir a ser considerado inconstitucional por pretender legislar em atividade privada. O texto recebeu 15 emendas. Antes do fim da discussão, Tio Carlos voltou à cena: “Se fosse retroativo, o Flamengo perderia uns 10 campeonatos”.

O deputado Samuel Malafaia, autor do projeto, concluiu as discussões com a constatação: “Como temos muita coisa importante para fazer além disso, vou terminar por aqui”. E eis que surgiu o grito no plenário: “Samuel, seu projeto acabou com o expediente”.



  • Victor Rocha

    Nosso estado está entregue na mão desse tipo de gente, e isso ainda vira notícia

MaisRecentes

Presidente eleito da Federação Mineira vê clubes de BH no mesmo nível de SP e RJ



Continue Lendo

Del Nero promete solução na segunda-feira para transmissão dos jogos da Seleção



Continue Lendo

Presidente da Ferj tira terceira licença em 2017



Continue Lendo