Além de Cristiane, Vadão tem conversado com jogadoras sobre futuro na Seleção



Vadão é o novo-velho técnico da Seleção feminina

A decisão de Cristiane de abandonar a Seleção Brasileira feminina após a demissão da técnica Emily Lima é o retrato claro da crise instalada por causa da decisão recente da CBF.

Cristiane deixou claro que o motivo para o adeus à amarelinha não tem ligação direta a Vadão, com quem conversou e tem boa relação. Mas sim a uma sequência de decisões (ou falta delas) tomadas pela entidade comandada por Marco Polo Del Nero.

Cristiane, que desabafou nas redes sociais, citou, por exemplo, o fato de as camisas da Seleção feminina não estarem disponíveis para venda.

Vadão não conversou apenas com Cristiane. Como já há uma convocação próxima, o novo (antigo) técnico da Seleção está fazendo contato com outras jogadoras para saber o que elas pensam em relação à continuidade.



MaisRecentes

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo

Fernanda Colombo deixa a arbitragem, lança livro e quer ser comentarista



Continue Lendo

Audiência pública promete pressionar políticos contra MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo