Além de Cristiane, Vadão tem conversado com jogadoras sobre futuro na Seleção



Vadão é o novo-velho técnico da Seleção feminina

A decisão de Cristiane de abandonar a Seleção Brasileira feminina após a demissão da técnica Emily Lima é o retrato claro da crise instalada por causa da decisão recente da CBF.

Cristiane deixou claro que o motivo para o adeus à amarelinha não tem ligação direta a Vadão, com quem conversou e tem boa relação. Mas sim a uma sequência de decisões (ou falta delas) tomadas pela entidade comandada por Marco Polo Del Nero.

Cristiane, que desabafou nas redes sociais, citou, por exemplo, o fato de as camisas da Seleção feminina não estarem disponíveis para venda.

Vadão não conversou apenas com Cristiane. Como já há uma convocação próxima, o novo (antigo) técnico da Seleção está fazendo contato com outras jogadoras para saber o que elas pensam em relação à continuidade.



MaisRecentes

Evento em Paris vai debater questão do clube-empresa no futebol brasileiro



Continue Lendo

Grupos políticos do Vasco pedem fim de gasto extra em viagens



Continue Lendo

Rubens Lopes, presidente da Ferj, vê problema em fluxo de pagamento de cotas de TV aos clubes



Continue Lendo