Gabriel é denunciado no STJD por provocação obscena após gol do Corinthians



A procuradoria do STJD denunciou o volante Gabriel, do Corinthians, por causa da comemoração com gesto obsceno no empate com o São Paulo, domingo, no Morumbi. O jogador do Timão foi enquadrado, segundo documento que chegou ao Tribunal nesta terça-feira, no artigo 258-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). A pena mínima é dois jogos que suspensão. Mas o gancho máximo é de seis partidas.

O pedido de desculpas do jogador, publicado em vídeo, não serviu de atenuante. Gabriel estava no banco de reservas e mesmo assim “roubou a cena” ao protagonizar o episódio no clássico.

O QUE DIZ O CBJD:

Art. 258-A. Provocar o público durante partida, prova ou equivalente.

PENA: suspensão de duas a seis partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de quinze a cento e oitenta dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural submetida a este Código.



MaisRecentes

Benemérito do Vasco reclama de obstrução da secretaria para regularizar sócio



Continue Lendo

Vasco fecha com novo patrocinador até o final da temporada



Continue Lendo

Tour da Arena Corinthians já recebeu mais de 100 mil visitantes



Continue Lendo