Governo tenta levar Grand Prix e Liga Mundial ao Parque Olímpico



Paulo Márcio Dias Mello, presidente da AGLO (Foto: Francisco Medeiros/ME)

Paulo Márcio Dias Mello, presidente da AGLO (Foto: Francisco Medeiros/ME)

A Autoridade de Governança do Legado Olímpico (AGLO) está na esperança de trazer para a Arena Carioca 1, no Parque Olímpico, a fase final do Grand Prix de Vôlei e da Liga Mundial do ano que vem. A autarquia conversa com a CBV sobre o assunto e se coloca à disposição.

No entanto, há um obstáculo – além da óbvia concorrência de outras cidades do país e do mundo: A Arena só tem 6,5 mil lugares. O desejo é contar com um equipamento que tenha, pelo menos, 10 mil. Resta a AGLO, se quiser continuar no páreo, buscar uma solução (ou convencimento) sem que haja um gasto para montagem de estrutura temporária.



  • Django

    Absurdo concentrar os eventos esportivos no Rio de Janeiro. A Lava-Jato deveria investigar isso. Já basta o superfaturamento do Pan e da Olimpíada.

MaisRecentes

Ana Paula Oliveira vê árbitro de vídeo como ajuda e confia em bom treinamento



Continue Lendo

Nuzman está inclinado a se explicar na Câmara sobre escândalo



Continue Lendo

CBV visita cidade que pode receber seleções de vôlei nos Jogos de 2020



Continue Lendo