Governo prevê mais 30 dias para deixar Velódromo pronto para uso



Paulo Márcio Dias Mello, presidente da AGLO (Foto: Francisco Medeiros/ME)

Paulo Márcio Dias Mello, presidente da AGLO (Foto: Francisco Medeiros/ME)

A projeção do Ministério do Esporte é que o Velódromo fique devidamente pronto em cerca de 30 dias para que, enfim, volte a ser utilizado, após incêndio que danificou a cobertura.

Segundo o presidente Autoridade de Governança do Legado Olímpico (AGLO), Paulo Márcio Dias Mello, o ajuste temporário no telhado – que custou R$ 199 mil – já está na reta final, mas será preciso preparar mais detalhes para o retorno das atividades.

– A obra já está sendo realizada. É uma obra temporária para que consigamos tapar o buraco que existe, para evitar que mal maior aconteça com o Velódromo. Nos próximos três ou quatro dias, a obra acaba e aí passamos por um processo de limpeza da pista, que só sofreu danos estéticos. Acredito que em 30 dias tenhamos o Velódromo em condições de receber não só projetos de cunho social como os treinamentos da Federação Carioca de Ciclismo – disse Paulo Márcio, nesta segunda-feira.

Ele reforçou que o ajuste definitivo só ocorrerá após novo processo de licitação.

– Vamos passar por um processo licitatório que vai ser definitivo. Para isso, é preciso de um termo de referência com a qualificação do material utilizado e verificar se houve alguma falha ou necessidade de reparo – comentou.

Enquanto o Velódromo é corrigido, o Parque Olímpico também vive dias de preparação final para o início do Rock In Rio.



MaisRecentes

Diretor da Chape compara permanência na Série A a título da Champions League



Continue Lendo

Botafogo sai da lista de clubes formadores da CBF. Coritiba retorna



Continue Lendo

Entidades buscam nome para preencher vaga no Tribunal Antidopagem



Continue Lendo