Governo prevê mais 30 dias para deixar Velódromo pronto para uso



Paulo Márcio Dias Mello, presidente da AGLO (Foto: Francisco Medeiros/ME)

Paulo Márcio Dias Mello, presidente da AGLO (Foto: Francisco Medeiros/ME)

A projeção do Ministério do Esporte é que o Velódromo fique devidamente pronto em cerca de 30 dias para que, enfim, volte a ser utilizado, após incêndio que danificou a cobertura.

Segundo o presidente Autoridade de Governança do Legado Olímpico (AGLO), Paulo Márcio Dias Mello, o ajuste temporário no telhado – que custou R$ 199 mil – já está na reta final, mas será preciso preparar mais detalhes para o retorno das atividades.

– A obra já está sendo realizada. É uma obra temporária para que consigamos tapar o buraco que existe, para evitar que mal maior aconteça com o Velódromo. Nos próximos três ou quatro dias, a obra acaba e aí passamos por um processo de limpeza da pista, que só sofreu danos estéticos. Acredito que em 30 dias tenhamos o Velódromo em condições de receber não só projetos de cunho social como os treinamentos da Federação Carioca de Ciclismo – disse Paulo Márcio, nesta segunda-feira.

Ele reforçou que o ajuste definitivo só ocorrerá após novo processo de licitação.

– Vamos passar por um processo licitatório que vai ser definitivo. Para isso, é preciso de um termo de referência com a qualificação do material utilizado e verificar se houve alguma falha ou necessidade de reparo – comentou.

Enquanto o Velódromo é corrigido, o Parque Olímpico também vive dias de preparação final para o início do Rock In Rio.



MaisRecentes

Permanência de Diego Souza ajudou a estabilizar pressão no São Paulo



Continue Lendo

Caso “HD do Vasco” pode terminar com nova eleição. Correntes políticas já se movimentam



Continue Lendo

Rodrigo Caetano está por detalhes para fechar com o Internacional



Continue Lendo