Audiência da Seleção na Globo melhora desde a chegada de Tite



Tite comandou a Seleção em 10 jogos das Eliminatórias (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Tite comandou a Seleção em 10 jogos das Eliminatórias (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

A chegada de Tite à Seleção não significou aumento de pontos apenas na tabela das Eliminatórias para a Copa-18, mas também na audiência média da Globo nos jogos do Brasil rumo à Rússia. Completada a 16 rodada, sendo 10 delas com Tite, a média total da Globo nos jogos da Seleção é 31 pontos. Separando a Era Dunga da Era Tite, a audiência média saiu de 28,9 pontos para 32,5. Com Dunga, o Brasil estava com duas vitórias, três empates e uma derrota. Com Tite, foram nove vitórias e um empate.

O pico de audiência da Seleção Brasileira nas Eliminatórias foi justamente o jogo que sacramentou a classificação à Copa, contra o Paraguai. No Rio, foram 39 pontos. Em São Paulo, 38. Mas vale a lembrança de que um ponto no Rio equivale a menos telespectadores do que em São Paulo (cerca de 117 mil contra aproximadamente 200 mil).

O curioso é que em ambas as praças o crescimento de Dunga para Tite foi praticamente o mesmo: 3 pontos de média na audiência. E olha que foi nessa relação de partidas sob a batuta de Adenor que o Brasil jogou no pior horário possível para transmissão: contra o Peru, com a bola rolando à 0h15. Quando o mando dos jogos é do Brasil, o horário é escolhido pela CBF, em consonância com a Globo.



MaisRecentes

Governo admite que errou em MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Sem resposta de Zé Ricardo, Milton Mendes entra no radar do Botafogo



Continue Lendo

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo