Audiência da Seleção na Globo melhora desde a chegada de Tite



Tite comandou a Seleção em 10 jogos das Eliminatórias (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Tite comandou a Seleção em 10 jogos das Eliminatórias (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

A chegada de Tite à Seleção não significou aumento de pontos apenas na tabela das Eliminatórias para a Copa-18, mas também na audiência média da Globo nos jogos do Brasil rumo à Rússia. Completada a 16 rodada, sendo 10 delas com Tite, a média total da Globo nos jogos da Seleção é 31 pontos. Separando a Era Dunga da Era Tite, a audiência média saiu de 28,9 pontos para 32,5. Com Dunga, o Brasil estava com duas vitórias, três empates e uma derrota. Com Tite, foram nove vitórias e um empate.

O pico de audiência da Seleção Brasileira nas Eliminatórias foi justamente o jogo que sacramentou a classificação à Copa, contra o Paraguai. No Rio, foram 39 pontos. Em São Paulo, 38. Mas vale a lembrança de que um ponto no Rio equivale a menos telespectadores do que em São Paulo (cerca de 117 mil contra aproximadamente 200 mil).

O curioso é que em ambas as praças o crescimento de Dunga para Tite foi praticamente o mesmo: 3 pontos de média na audiência. E olha que foi nessa relação de partidas sob a batuta de Adenor que o Brasil jogou no pior horário possível para transmissão: contra o Peru, com a bola rolando à 0h15. Quando o mando dos jogos é do Brasil, o horário é escolhido pela CBF, em consonância com a Globo.



MaisRecentes

Um Tite x Carille ajudará famílias das vítimas do acidente da Chapecoense



Continue Lendo

Na situação, também há simpatia por união geral e candidato único no Flamengo



Continue Lendo

Grêmio tem reunião nesta sexta na Conmebol: arbitragem em pauta



Continue Lendo