Seleção em solo gaúcho é cereja do bolo em ‘acordo de paz’ com Del Nero



Novelletto

O jogo da Seleção Brasileira em Porto Alegre foi a coroação de um acordo de paz entre o presidente da Federação Gaúcha, Francisco Novelletto, e o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero. Novelletto já foi um dos “rebeldes” que se insurgiram quando Del Nero ascendeu ao cargo de vice e José Maria Marin assumiu a CBF, mas agora tem adotado postura mais republicana, dando apoio. A coluna apurou que o dirigente gaúcho não vê mais clima para oposição, por considerar que a administração da CBF vai bem.

Novelleto vê que clubes estão recebendo apoio nunca visto, sobretudo nas Séries C e D. Mas a aproximação vai além. A visão já está na eleição presidencial da CBF em 2018. Del Nero deve ser candidato único, mas, conforme o novo estatuto da entidade prevê, o número de vices sai de cinco para oito. E Novelletto está de olho em uma das cadeiras. A região Sul já vive em um hiato desde a morte do catarinense Delfim Peixoto após a queda do avião da Chapecoense. A disputa pela representação na região seria com Hélio Cury, paranaense que também já bateu de frente com Del Nero, mas tem andado mais “calmo”.

Del Nero chegou na terça-feira em Porto Alegre e foi recebido por Novelletto. Houve uma visita à Federação Gaúcha e uma passada, bem longe dos holofotes, pelo hotel em que a Seleção ficou hospedada. O presidente da CBF ficou em hotel diferente do da delegação.



MaisRecentes

Arena da Baixada recebe evento com forças da segurança pública do Paraná



Continue Lendo

Justiça determina que eleição no Volta Redonda tenha urna para sócios ‘sub judice’



Continue Lendo

Sucesso na temporada faz Fortaleza crescer nas redes sociais



Continue Lendo