Romário admite: ‘Hoje, sou um pré-candidato ao governo do Rio’



(Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

(Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

O senador Romário está de olho em novos projetos na política. Além de lançar um livro, o Baixinho, que recentemente mudou de partido e assumiu a presidência do Podemos no Rio de Janeiro, admitiu que analisa com carinho a ideia de se candidatar a governador do estado na eleição de 2018.

– Tenho mais quatro anos e meio de mandato de senador. Nesse tempo, temos duas eleições importantes no Rio, ano que vem para o governo e depois para a Prefeitura. Eu me mudei para o Podemos, sou presidente do partido. Hoje, há uma vontade muito grande por parte da executiva nacional de que eu seja pré-candidato ao governo do Rio. Estou começando a amadurecer, vendo possibilidade. Se acontecer, vou cair dentro – disse o Baixinho, que emendou:

– Se você me perguntar: “O que você é hoje?”. Hoje, sou um pré-candidato ao governo do Rio. Hoje. Mas temos quase um ano aí para amadurecer essa ideia.

O ex-craque ainda falou sobre a articulação para fazer com que Ronaldinho gaúcho se filie ao mesmo partido e citou o contato com o irmão de R10.

– Tive a oportunidade de falar com o Assis sobre isso. Estou esperando ele chegar, dar uma relaxada para conversar. É interessante que pessoas como o Ronaldinho, financeiramente resolvidas, venham para a política. É um ídolo. Se puder trazê-lo para o Podemos, seria bem interessante – comentou.

Romário bateu um papo com a coluna nesta sexta-feira. A entrevista completa sai neste sábado.



MaisRecentes

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo

Pretenso patrocinador do Vasco já foi punido pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM)



Continue Lendo

Mesmo com prêmio milionário, caso conquiste a Copa do Brasil, Cruzeiro deve fechar o ano no vermelho



Continue Lendo