Romário admite: ‘Hoje, sou um pré-candidato ao governo do Rio’



(Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

(Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

O senador Romário está de olho em novos projetos na política. Além de lançar um livro, o Baixinho, que recentemente mudou de partido e assumiu a presidência do Podemos no Rio de Janeiro, admitiu que analisa com carinho a ideia de se candidatar a governador do estado na eleição de 2018.

– Tenho mais quatro anos e meio de mandato de senador. Nesse tempo, temos duas eleições importantes no Rio, ano que vem para o governo e depois para a Prefeitura. Eu me mudei para o Podemos, sou presidente do partido. Hoje, há uma vontade muito grande por parte da executiva nacional de que eu seja pré-candidato ao governo do Rio. Estou começando a amadurecer, vendo possibilidade. Se acontecer, vou cair dentro – disse o Baixinho, que emendou:

– Se você me perguntar: “O que você é hoje?”. Hoje, sou um pré-candidato ao governo do Rio. Hoje. Mas temos quase um ano aí para amadurecer essa ideia.

O ex-craque ainda falou sobre a articulação para fazer com que Ronaldinho gaúcho se filie ao mesmo partido e citou o contato com o irmão de R10.

– Tive a oportunidade de falar com o Assis sobre isso. Estou esperando ele chegar, dar uma relaxada para conversar. É interessante que pessoas como o Ronaldinho, financeiramente resolvidas, venham para a política. É um ídolo. Se puder trazê-lo para o Podemos, seria bem interessante – comentou.

Romário bateu um papo com a coluna nesta sexta-feira. A entrevista completa sai neste sábado.



MaisRecentes

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo

Fernanda Colombo deixa a arbitragem, lança livro e quer ser comentarista



Continue Lendo

Audiência pública promete pressionar políticos contra MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo