Flamengo reforça ideia de deixar Ato Trabalhista em breve



O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, aproveitou um evento em Brasília sobre o Ato Trabalhista para reforçar que o clube está atento à chance de deixar o programa. O Fla entende estar próxima a perda da finalidade do Ato para o clube, já que as ações trabalhistas estão ficando escassas. O Ato Trabalhista centraliza em conta judicial os pagamentos dos clubes que dele fazem parte a diversos credores.
A APFut também participou do encontro e ficou de enviar, em parceria com a Academia Nacional de Direito Desportivo (ANDD), sugestões ao Tribunal Superior do Trabalho para otimizar o funcionamento do Ato.


MaisRecentes

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo

Pretenso patrocinador do Vasco já foi punido pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM)



Continue Lendo

Mesmo com prêmio milionário, caso conquiste a Copa do Brasil, Cruzeiro deve fechar o ano no vermelho



Continue Lendo