Flamengo reforça ideia de deixar Ato Trabalhista em breve



O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, aproveitou um evento em Brasília sobre o Ato Trabalhista para reforçar que o clube está atento à chance de deixar o programa. O Fla entende estar próxima a perda da finalidade do Ato para o clube, já que as ações trabalhistas estão ficando escassas. O Ato Trabalhista centraliza em conta judicial os pagamentos dos clubes que dele fazem parte a diversos credores.
A APFut também participou do encontro e ficou de enviar, em parceria com a Academia Nacional de Direito Desportivo (ANDD), sugestões ao Tribunal Superior do Trabalho para otimizar o funcionamento do Ato.


MaisRecentes

Volta Redonda é o único clube do RJ a não publicar balancete. Dirigente promete números nesta quinta-feira



Continue Lendo

Ricardo Rocha lança canal de análises e entrevistas no YouTube



Continue Lendo

Dirigente tem a missão de transformar a Inter de Limeira em clube-empresa



Continue Lendo