Projeto que prevê punição a clubes por racismo da torcida recebe emendas na Alerj



O projeto que tramita na Assembleia Legislativa do Rio para tornar os clubes passíveis de penalidades em casos de racismo ou discriminação por parte de torcedores recebeu nesta terça-feira 12 emendas no plenário. O assunto entrou em discussão na Alerj, mas volta às comissões técnicas para debate.

Uma das ponderações foi do deputado Carlos Minc (sem partido) de evitar que o clube seja enquadrado por uma ação isolada de torcedor. O deputado estadual Jânio Mendes (PDT) fez um apelo para que o item entre na pauta de votação na próxima semana.

O projeto tramita na Alerj desde 2013. O processo é lento. Para Jânio Mendes, a aprovação serviria de exemplo. “Vamos ser o primeiro estado a, de fato, punir com exemplo o racismo nos estádios de futebol. É preciso que tenhamos uma legislação rigorosa”, disse ele, ressaltando que os montantes arrecadados em multa iriam para um fundo de combate ao racismo.



MaisRecentes

Gestão de associação coloca clubes de Santa Catarina na vanguarda do futebol



Continue Lendo

Internet e canais de filmes podem transmitir jogos do Brasileirão a partir de 2019



Continue Lendo

Zagueiro Igor Rabello pode deixar o Botafogo e se transferir para a Itália



Continue Lendo