Projeto de estádio está perto de entrar em pauta no Conselho do Atlético-MG



A aprovação do projeto de construção de um estádio próprio para o Atlético-MG está mais próxima no Conselho Deliberativo do Galo. A documentação está sendo analisada pelo presidente do órgão, Rodolfo Gropen, que projeta concluir o estudo na próxima semana e então tomar uma decisão sobre o agendamento da sessão do Conselho para aprovar ou não a continuidade do projeto. A expectativa é que essa reunião, pela necessidade de se respeitar o prazo de convocação, ocorra em setembro.

Ainda que a análise esteja em curso, o presidente do Conselho atleticano vê com bons olhos o novo estádio. “O projeto é muito complexo. Está muito bem estruturado financeiramente, sem empréstimos ou cessão de direitos de uso de parte de estádio por terceiros. Pelo que eu vi até aqui, serão tomados os cuidados para que opções tomadas por outros clubes não sejam repetidas”, disse Gropen à coluna, citando os estádios do Corinthians e do Palmeiras.

Se for aprovado pelo Conselho Deliberativo, a Prefeitura de Belo Horizonte precisará dar aval ao projeto. A perspectiva mais otimista no Atlético-MG prevê a possibilidade de construção em pelo menos seis meses. O Galo prevê um custo de R$ 450 milhões para construir o estádio, mas busca reduzir o valor em R$ 20 milhões, indo para R$ 430 milhões.



MaisRecentes

Volta Redonda é o único clube do RJ a não publicar balancete. Dirigente promete números nesta quinta-feira



Continue Lendo

Ricardo Rocha lança canal de análises e entrevistas no YouTube



Continue Lendo

Dirigente tem a missão de transformar a Inter de Limeira em clube-empresa



Continue Lendo