Flamengo faz ‘dever de casa’ para extinguir processo de doping contra Ederson




O Flamengo já fez a parte dele para extinguir o processo de doping instaurado contra Ederson por causa dos resultados analíticos adversos apresentados na amostra do jogador. O caso impulsionou a descoberta de um tumor no testículo do meia rubro-negro, que já passou por cirurgia.

O Fla fez a biópsia e mandou toda documentação necessária para que o procedimento disciplinar não avance mais. A papelada já foi repassada à Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem e à Fifa, que precisam homologar o fim da discussão.



MaisRecentes

Gestão de associação coloca clubes de Santa Catarina na vanguarda do futebol



Continue Lendo

Internet e canais de filmes podem transmitir jogos do Brasileirão a partir de 2019



Continue Lendo

Zagueiro Igor Rabello pode deixar o Botafogo e se transferir para a Itália



Continue Lendo