Flamengo faz ‘dever de casa’ para extinguir processo de doping contra Ederson




O Flamengo já fez a parte dele para extinguir o processo de doping instaurado contra Ederson por causa dos resultados analíticos adversos apresentados na amostra do jogador. O caso impulsionou a descoberta de um tumor no testículo do meia rubro-negro, que já passou por cirurgia.

O Fla fez a biópsia e mandou toda documentação necessária para que o procedimento disciplinar não avance mais. A papelada já foi repassada à Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem e à Fifa, que precisam homologar o fim da discussão.



MaisRecentes

Grupos respeitam luto por Eurico, mas rearrumação política está em curso



Continue Lendo

Botafogo-SP cobra isonomia em promoção no confronto contra o Mirassol-SP



Continue Lendo

Evento de e-Sports terá análise sobre o mercado para empresas



Continue Lendo