Palmeiras e Atlético-MG deixam de ganhar R$ 3 milhões com queda na Libertadores



Além do prejuízo desportivo, a perda financeira. Eliminados nesta quarta-feira na fase oitavas de final da Libertadores, Palmeiras e Atlético-MG deixam de ganhar, logo de cara, R$ 3 milhões cada um, que é a cota de participação nas quartas de final da competição. E isso sem contar a verba com bilheteria que os dois clubes poderiam angariar se tivessem superado, respectivamente, Barcelona-EQU e Jorge Wilstermann.

Neste ano, a Conmebol ajustou os valores totais da premiação aos clubes. O montante pago em dólares durante toda a Libertadores é de US$ 98,9 milhões (R$ 312 milhões).



MaisRecentes

No Dia do Professor, COB abre inscrições para curso de iniciação esportiva



Continue Lendo

Mau desempenho do time afeta Maurício Galiotte no comando do Palmeiras



Continue Lendo

Possibilidade de apoio de Euriquinho gera desconforto no grupo Sempre Vasco



Continue Lendo