Sport critica calendário e formato ao desistir da Copa do Nordeste



Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

A CBF confirmou nesta segunda-feira a desistência do Sport da Copa do Nordeste, abrindo vaga para a entrada do Náutico. A decisão do Leão, como ressaltou à coluna o presidente Arnaldo Barros, é por não concordar com o formato atual da competição. E isso envolve calendário e remuneração. “Não achamos rentável e tem um calendário que sacrifica muito a equipe. A formatação deixou de atender, na nossa visão, os interesses dos clubes”, disse ele.

Arnaldo Barros acrescentou que “a Copa virou Campeonato”. A decisão do Sport foi respaldada pelo conselho deliberativo do clube e a carta foi enviada à CBF em julho, mas só nesta segunda a entidade ratificou a decisão. Chance de voltar? “Só com um calendário humanizado, que permitisse a preparação do time para outras competições e que não fosse tão penalizador ao atleta”. Vale lembrar que o Sport ficou “espremido” entre Nordestão, Estadual, Sul-Americana e Copa do Brasil neste ano.

A CBF, segundo o próprio Sport, não tentou demover o clube da decisão. Mas o bloco de times que, assim como o clube pernambucano, iniciaram o movimento de melhorias na competição, esvaziou-se. “Cada um sabe onde o calo aperta. Respeito a posição de cada um, mas eles não se mantiveram fiéis ao que vínhamos trabalhando. Não critico”, finalizou Arnaldo Barros.



MaisRecentes

Governo admite que errou em MP que retira recursos do esporte



Continue Lendo

Sem resposta de Zé Ricardo, Milton Mendes entra no radar do Botafogo



Continue Lendo

Novo diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni tem três nomes para lugar de Abel Braga



Continue Lendo