Ministério do Esporte cobra R$ 5,5 milhões de agência de publicidade por irregularidades em concorrência



O Ministério do Esporte está cobrando uma multa de R$ 5,5 milhões da agência de publicidade Prole Propaganda por irregularidades na concorrência para ficar com a conta da pasta. Na ocasião, no final de 2016, a empresa venceu a disputa mas desistiu de atender o Ministério dias depois. Segundo a pasta, o valor corresponde a 10% do total que seria destinado aos serviços de propaganda e a Prole tem até a próxima semana para apresentar recurso. Além do valor, a agência pode ficar dois anos impedida de participar de novas licitações. Contatada, a empresa disse desconhecer o fato.



MaisRecentes

Globo vê obstáculos na ‘pressa’ da CBF para implantar árbitro de vídeo



Continue Lendo

Procurador do STJD não vê brecha para futura reclamação por causa do árbitro de vídeo



Continue Lendo

Eurico exalta árbitro de vídeo no Brasileiro: ‘Antes tarde do que nunca’



Continue Lendo