Grupo corintiano negocia parceria com a Universidade do Futebol



Criado após o fim do Chapão e a abertura para a atuação de pequenos grupos na política corintiana, o movimento Corinthians Grande negocia uma parceria com a Universidade do Futebol para montar um plano estratégico visando as eleições de fevereiro de 2018. A ideia é realizar um worshop junto com a entidade nos próximos meses para debater ideais de gestão para servir de diretrizes ao grupo.

O grupo corintiano é formado por sócios e conselheiros. Entre os integrantes estão o ex-diretor financeiro na gestão de Andrés Sanchez, Raul Corrêa, o atual diretor de esportes aquáticos, Oldano Carvalho, o ex-diretor das categorias de base, Fernando Alba, o advogado Felipe Ezabella, e o publicitário Evandro Guimarães, ex-sócio da agência 9ine, de Ronaldo Fenômeno.

Em seu site, o Corinthians Grande diz que o fim do Chapão – sistema em que 200 conselheiros trienais eram eleitos automaticamente com o escolhido para presidir o clube – “democratizou-se a oportunidade de o associado concorrer ao Conselho Deliberativo” e que “novas vozes e novos interesses conquistaram espaço”.



MaisRecentes

Oposição se enfurece com Bandeira de Mello e pode pedir a sua exclusão do Flamengo



Continue Lendo

Luiz Felipe Scolari pode ter contrato estendido até 2022 e depois virar manager



Continue Lendo

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo