Grupo corintiano negocia parceria com a Universidade do Futebol



Criado após o fim do Chapão e a abertura para a atuação de pequenos grupos na política corintiana, o movimento Corinthians Grande negocia uma parceria com a Universidade do Futebol para montar um plano estratégico visando as eleições de fevereiro de 2018. A ideia é realizar um worshop junto com a entidade nos próximos meses para debater ideais de gestão para servir de diretrizes ao grupo.

O grupo corintiano é formado por sócios e conselheiros. Entre os integrantes estão o ex-diretor financeiro na gestão de Andrés Sanchez, Raul Corrêa, o atual diretor de esportes aquáticos, Oldano Carvalho, o ex-diretor das categorias de base, Fernando Alba, o advogado Felipe Ezabella, e o publicitário Evandro Guimarães, ex-sócio da agência 9ine, de Ronaldo Fenômeno.

Em seu site, o Corinthians Grande diz que o fim do Chapão – sistema em que 200 conselheiros trienais eram eleitos automaticamente com o escolhido para presidir o clube – “democratizou-se a oportunidade de o associado concorrer ao Conselho Deliberativo” e que “novas vozes e novos interesses conquistaram espaço”.



MaisRecentes

Gabriel é denunciado no STJD por provocação obscena após gol do Corinthians



Continue Lendo

Final da Primeira Liga muda de data



Continue Lendo

Restituição crescente de verba dá ‘gás’ para Ministério do Esporte lutar por orçamento



Continue Lendo