Quatro cidades disputam final única da Libertadores: Rio, SP, Lima e Miami



Um dos principais projetos do presidente Conmebol, Alejandro Dominguez, é adotar na Libertadores o mesmo sistema da Liga dos Campeões com decisão do torneio sendo disputado em jogo único. A iniciativa pode ser adotada já na edição de 2018 da competição e quatro cidades já apresentaram interesse em sediar a partida, duas delas brasileiras: Rio de Janeiro, São Paulo, Lima (PER) e Miami (EUA).

Quem aponta é o presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, que é membro do Comitê Executivo da Conmebol, que refuta a possibilidade da partida não gerar o mesmo interesse entre os torcedores que a final da maior competição de clubes da Europa.

– Quando se põe à venda uma final da Liga dos Campeões, ninguém sabe quais são os times que vão fazer a final. Mas se dá uma cota para os países envolvidos, contrata agências de turismo e a partida vira um negócio. E a ideia com a Libertadores é a mesma, é para ser vendido em todo lugar, inclusive nos Estados Unidos. Fazendo do jogo um produto, se vende 75%, 80% dos ingressos antes. E os que sobram são vendidos para os times que chegam à final, não há a possibilidade de ter o estádio vazio – comentou Bastos à coluna.



MaisRecentes

Futebol americano: NFL e Microsoft ampliam parceria de atuação digital



Continue Lendo

Delta torna-se o primeiro parceiro da Olimpíada de Los Angeles-2028



Continue Lendo