Atlético Paranaense abre escola de futebol na África



Uma comitiva do Atlético-PR viajou esta semana para a África onde o clube abrirá uma escola de futebol em um vilarejo próximo à cidade de Meru, a 200 quilômetros de Nairóbi, no Quênia. O projeto é realizado em parceria com a ONG Endeleza. O grupo que viajou para o país africano é formado pelo coordenador da Escola Furacão, Christian Korgut, o segundo secretário do Conselho Deliberativo, Roberto Bonnet, e a conselheira Cláudia Sovierzoski.

Na bagagem, os representantes do clube paranaense levaram 50 kits de uniformes para serem distribuídos aos garotos quenianos do projeto. No início, o campo que será utilizado no projeto será de terra mas melhorias estão previstas para os próximos anos.



MaisRecentes

Orçamento de 2018 está sob análise dos conselhos do Flamengo



Continue Lendo

Placar das finanças: Corinthians batalha para fechar 2017 perto do ‘0 a 0’



Continue Lendo

Curso de treinador sem chancela de Conmebol e Fifa liga sinal de alerta



Continue Lendo