Clube gaúcho é investigado por impedir estudo de atletas da base



O Ministério Público do Trabalho (MPT) abriu um inquérito para apurar “lesão ao direito à educação” nas categorias de base do Esporte Clube Cruzeiro, equipe gaúcha que chegou às finais do Estadual neste ano. O processo apura descumprimento da Lei Pelé por “violar direitos sociais e individuais indisponíveis concernentes à relação do adolescente atleta com a entidade de prática desportiva formadora”.

Na portaria divulgada pelo MPT, as irregularidades estariam na exigência imposta aos jovens atletas de participar de “qualquer exercício físico e treinamento técnicos e táticos” além de atuar em “todos os jogos oficiais e amistosos para os quais for escalado, dentro e fora do país”.

Contatado, o clube não deu uma posição sobre o caso à coluna até esta publicação.



MaisRecentes

Conselheiros do Palmeiras cobram diretor de futebol Alexandre Mattos



Continue Lendo

No Dia do Professor, COB abre inscrições para curso de iniciação esportiva



Continue Lendo

Mau desempenho do time afeta Maurício Galiotte no comando do Palmeiras



Continue Lendo