Ministério do Esporte pode retomar projeto de cadastrar torcidas organizadas



O Ministério do Esporte estuda colocar em prática um projeto voltado às torcidas organizadas para a identificação de seus integrantes. Em seu plano de ações para este ano, a pasta inclui entre as iniciativas “sistematizar cadastro de torcidas organizadas de futebol” com expectativa de concluir 40% do projeto até abril de 2018. Apesar da meta, o Ministério ainda pretende conversar com os agentes envolvidos – CBF, clubes, órgãos de segurança e Ministério da Justiça – para conseguir tirar o projeto do papel.

Apesar de incluir o projeto em seu plano de ações, o Ministério do Esporte ainda avalia a melhor forma de atuar junto às torcidas organizadas. O cuidado deve-se às dificuldades as gestões anteriores tiveram com o “Torcida Legal”, que foi lançado em 2011 sem conseguir atingir seus objetivos.

Contatada, a pasta aponta que tem proposta ações para estimular o combate à violência no futebol “além de atuar como agente facilitador e aglutinador dos entes envolvidos no processo de cadastramento das torcidas organizadas”.



MaisRecentes

Procurador do STJD não vê brecha para futura reclamação por causa do árbitro de vídeo



Continue Lendo

Eurico exalta árbitro de vídeo no Brasileiro: ‘Antes tarde do que nunca’



Continue Lendo

Del Nero exige que Brasileirão tenha árbitro de vídeo na próxima rodada



Continue Lendo