Clubes da Copa Verde vão pressionar CBF por aumento na cota de participação



Dirigentes de clubes e federações das regiões Centro-Oeste e Norte do país pretendem ir à CBF no próximo mês para pleitearem um aumento na cota de participação das equipes na Copa Verde. A principal reclamação é que a competição não tem compensado financeiramente por conta dos altos custos das viagens com passagens áreas e hospedagens, além da logística ruim dos voos. Caso não haja um bom aumento, há clubes que já ameaçam não participar do torneio na próxima temporada.

Na CBF, o principal argumento dos dirigentes dos clubes da Copa Verde será a discrepância que há entre os valores pagos na cota de participação na competição em relação à Copa do Nordeste. Os R$ 1,1 milhão pagos para serem distribuídos na Copa Verde na edição deste ano, por exemplo, correspondeu a menos de 5% dos R$ 24 milhões do torneio nordestino. A intenção é que o índice passe a ser de 10%, o que aumentaria o valor a ser distribuído entre os participantes para cerca de R$ 2,5 milhões.

Apesar de dirigentes da região Norte afirmarem que se reunirão com a CBF em agosto, o diretor de competições da entidade, Manoel Flores, diz desconhecer o encontro.

– Não estou sabendo de reunião. Se vierem solicitar alguma coisa, vamos recebê-los da melhor forma e conversar – comentou Flores.

Contatado sobre a intenção dos clubes da Copa Verde de receberem um valor de cota maior de participação, o canal Esporte Interativo, responsável pela transmissão dos jogos da competição, aponta que os valores para a edição de 2018 do torneio ainda não estão definidos. Ainda de acordo com o canal esportivo, o argumento dos clubes não faz sentido pois todos os custos com viagem, hospedagem e alimentação são pagos pela empresa.



MaisRecentes

CBF deve se reunir com clubes para falar de manifestações políticas



Continue Lendo

Pretenso patrocinador do Vasco já foi punido pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM)



Continue Lendo

Mesmo com prêmio milionário, caso conquiste a Copa do Brasil, Cruzeiro deve fechar o ano no vermelho



Continue Lendo