Secretário de Futebol deixa de ir ao CNE para ‘poupar recursos públicos’



O secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, Gustavo Perrella, não participou das três últimas reuniões realizadas neste ano do Conselho Nacional do Esporte (CNE), órgão vinculado ao Ministério do Esporte e do qual é membro titular. Segundo a assessoria da pasta, sua ausência teve “o objetivo de poupar recursos públicos com emissões de passagens e diárias” e porque “as pautas dos encontros não previam temas relativos ao futebol.

Na primeira reunião do ano, em 10 de fevereiro, Perrella foi representado por Lara Denger Videira, que é membro suplente da Secretaria de Futebol no CNE. Já nos dois últimos encontros, o substituto foi o diretor André Ribeiro, que segundo a assessoria do Ministério do Esporte foi o escolhido para reduzir os custos pois “já se encontrava no Rio de Janeiro para outras agendas institucionais”.



MaisRecentes

Nuzman está inclinado a se explicar na Câmara sobre escândalo



Continue Lendo

CBV visita cidade que pode receber seleções de vôlei nos Jogos de 2020



Continue Lendo

Botafogo deixa a Libertadores com R$ 13,4 milhões pela participação



Continue Lendo