Com portões fechados, Vasco x Santos terá 80% do policiamento no lado de fora



Não é porque o Vasco x Santos de domingo será com portões fechados que o Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe) deixará de atuar com intensidade. A diferença está no foco. Segundo o major Silvio Luiz, que comanda o Gepe, cerca de 80% do efetivo ficará no lado de fora do Nilton Santos, enquanto 20% vai atuar no interior, para garantir a segurança dentro do campo de jogo. A preocupação persiste diante da possibilidade da presença de torcedores nas ruas. “É prevenção. Não sabemos se a torcida via querer recepcionar delegação ou protestar. É prudente. No entorno as pessoas podem ir”, pontuou o major.

Em uma semana em que o tema violência voltou à tona, o Gepe tem participado de conversas com órgãos públicos e Ferj sobre a melhor forma de controlar o lado externo do estádio, no sentido de combater a atuação desordenada e fora de hora dos ambulantes.



MaisRecentes

‘Agressividade’ de Mattos no mercado rende brincadeiras nos bastidores



Continue Lendo

CBF planeja Seleção de Masters para 2018: projeto social e de imagem



Continue Lendo

CBF ‘absolve’ árbitro que não viu confusão Vizeu x Rhodolfo, mas STJD vai analisar



Continue Lendo