Conmebol adia uso do árbitro de vídeo: a partir das semifinais da Libertadores



Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol (Foto: Divulgação)

Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol (Foto: Divulgação)

A Conmebol vai dar mais um tempo em relação ao previsto inicialmente para colocar em prática o uso do árbitro de vídeo na Libertadores. O planejamento da entidade agora é contar com a tecnologia nas semifinais da competição e não mais nas quartas de final, como desejo inicial do presidente Alejandro Domínguez. Um curso com os árbitros seria realizado na semana que vem, mas foi adiado. Nova data ainda será marcada, mas está previsto para o final de setembro ou início de outubro.

A convocação para o curso deve ser simultânea à montagem da escala para os jogos decisivos da Liberta, para que o treinamento seja feito com os árbitros que, de fato, atuem com o vídeo. Quem atuou com o sistema nas competições da Fifa, como os brasileiros Sandro Meira Ricci e Wilton Sampaio, larga na frente.

Vale lembrar que os clubes expuseram na Conmebol a preocupação com a realização de testes no mata-mata da Libertadores, por considerar o risco de aplicar um sistema em testes, jamais usado no continente.



MaisRecentes

Zagueiro Felipe Santana, ex-Atlético-MG, pode ir para o futebol alemão



Continue Lendo

Investimento milionário na Granja Comary incomoda dirigentes de clubes da Série A



Continue Lendo

Cargos de vice-presidentes têm gerado desconforto entre grupos políticos no Vasco



Continue Lendo