Ministério do Esporte se abstém de definir novas modalidades esportivas



O Ministério do Esporte optou por não dar uma decisão final sobre reconhecer algumas artes marciais como uma modalidade esportiva. Em reunião do Conselho Nacional de Esporte (CNE), na última sexta, o colegiado se baseou na Constituição para se livrar do pedido de entidades esportivas para reconhecer algumas atividades como esporte.

– Não cabe ao Conselho ou Ministério definir o que é esporte ou não – afirmou o ministro do Esporte, Leonardo Picciani.

Em fevereiro de 2016, uma reunião do CNE chegou a aprovar algumas artes marciais como esporte. A aprovação, entretanto, foi anulada dias depois pois membros do Conselho estavam com seus mandatos vencidos (leia mais aqui).



MaisRecentes

Botafogo sai da lista de clubes formadores da CBF. Coritiba retorna



Continue Lendo

Entidades buscam nome para preencher vaga no Tribunal Antidopagem



Continue Lendo

Na Seleção, preferência para sorteio da Copa é estrear mais tarde



Continue Lendo