Romário quer que presidente de órgão do legado olímpico passe por sabatina no Senado



O senador Romário (PSB-RJ) quer que o presidente da Autoridade de Governança do Legado Olímpico (Aglo), Paulo Márcio Dias Mello, passe por uma sabatina no Senado. A proposta foi uma de suas quatro emendas apresentadas na comissão mista que debateu o relatório da Medida Provisória (MP 771) que criou a autarquia ligada ao Ministério do Esporte em substituição à Autoridade Pública Olímpica.

Romário, entretanto, terá que tentar incluir a proposta quando a MP for a votação no plenário do Senado já que a emenda não foi incluída no relatório feito pelo deputado Altineu Côrtes (PMDB-RJ), que aceitou apenas duas das 20 propostas apresentadas. O Congresso tem até o dia 10 de agosto para aprovar a MP que criou o órgão responsável pelo legado olímpico da Rio-2016.



MaisRecentes

Nuzman está inclinado a se explicar na Câmara sobre escândalo



Continue Lendo

CBV visita cidade que pode receber seleções de vôlei nos Jogos de 2020



Continue Lendo

Botafogo deixa a Libertadores com R$ 13,4 milhões pela participação



Continue Lendo