Clubes citam preocupação com uso de vídeo sem testes na Libertadores



Além dos já costumeiros pedidos por uma melhor remuneração, os clubes expuseram à Conmebol, em reunião na entidade, a preocupação com a adoção do árbitro de vídeo nas quartas de final da Libertadores, sem a execução adequada de testes com os profissionais envolvidos. Tudo bem que a Conmebol fará um curso na segunda semana de julho, mas os clubes entendem ser arriscado aplicar o experimento em uma fase tão importante da competição.

“É um sistema novo para árbitros e operadores do sistema”, citou o presidente do Botafogo, apesar de não crer no recuo da Conmebol sobre o assunto.



MaisRecentes

Tecnologia brasileira é implantada em estádios da América do Sul



Continue Lendo

Fortaleza ajuda população com vacinas contra a gripe



Continue Lendo

Universidade Brasil, parceira de Flamengo e Corinthians, quer ampliar programa de estudos



Continue Lendo