Clubes citam preocupação com uso de vídeo sem testes na Libertadores



Além dos já costumeiros pedidos por uma melhor remuneração, os clubes expuseram à Conmebol, em reunião na entidade, a preocupação com a adoção do árbitro de vídeo nas quartas de final da Libertadores, sem a execução adequada de testes com os profissionais envolvidos. Tudo bem que a Conmebol fará um curso na segunda semana de julho, mas os clubes entendem ser arriscado aplicar o experimento em uma fase tão importante da competição.

“É um sistema novo para árbitros e operadores do sistema”, citou o presidente do Botafogo, apesar de não crer no recuo da Conmebol sobre o assunto.



MaisRecentes

Vasco acerta aumento pontual da exposição do Azeite Royal na camisa



Continue Lendo

Especialistas em Direito do Esporte se unem em um novo escritório de advocacia



Continue Lendo

Caso Everest: Diário Oficial publica autorização para licitar nova sede do clube



Continue Lendo