Sem recursos, processo por uso de falsificação por parte do Inter ‘morre’ no STJD



O Internacional já mandou avisar ao STJD que não irá mesmo recorrer da condenação recebida em primeira instância no processo em que é réu por uso de documento falsificado no caso Victor Ramos.

A procuradoria do Tribunal segue no mesmo sentido e, portanto, o caso está “morto” e não será analisado pelo Pleno.

Desta forma, o Inter evita o desgaste de mais um julgamento e aceita a multa de R$ 720 mil imposta pela 5ª Comissão Disciplinar.

O blog já tinha revelado essa tendência.



MaisRecentes

Conselheiros do Vasco vão pedir explicação formal a Campello sobre recusa a novos sócios



Continue Lendo

Conselheiros do Palmeiras cobram diretor de futebol Alexandre Mattos



Continue Lendo

No Dia do Professor, COB abre inscrições para curso de iniciação esportiva



Continue Lendo