Presidente da CBDA vai à Fina para legitimar eleição



O novo presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), Miguel Cagnoni, deve se reunir com o presidente da Federação Internacional de Natação (Fina), Julio Maglione, até o final deste mês. No encontro, o dirigente brasileiro levará documentos para comprovar que o processo eleitoral da CBDA respeitou as normas brasileira e da própria entidade internacional, que às vésperas do pleito havia emitido um comunicado afirmando que a eleição não seria válida.

– Vou mostrar que todo o processo eleitoral atendeu as normas e padrões legais para legitimar o resultado – afirmou Cagnoni à coluna.

Na reunião com a Fina, o dirigente terá a companhia do presidente da Confederação Sul-Americana de Natação (Consanat), Francisco Lópes Chavez, com quem conversou sobre o imbróglio ao longo desta semana.

Já ontem, o novo presidente da CBDA esteve na sede do Comitê Olímpico do Brasil (COB) onde conversou com o presidente da entidade, Carlos Arthur Nuzman, que também se colocou à disposição para ajudar a CBDA a resolver a questão junto a Fina.



MaisRecentes

CBF começa treinar instrutores para curso do árbitro de vídeo



Continue Lendo

Se estrear na próxima rodada, árbitro de vídeo não será para todos os jogos da Série A



Continue Lendo

Licenciamento vira argumento de CBF e clubes para minimizar liminar contra exigência de CND



Continue Lendo