Abandonado há 6 meses, local da canoagem na Rio-2016 tem até jacaré



Menos de um ano após os Jogos Rio-2016, o local onde foram realizadas as provas de canoagem slalom é tido hoje como um local de risco para os que vivem na região de Deodoro. É que o tanque de água onde medalhas foram disputadas há apenas dez meses, hoje serve de habitat para animais como capivaras e até jacarés.

O fato deve-se ao descaso com o local, que está abandonado desde o início do ano. De setembro a dezembro, o espaço foi administrado por um organização social cujo contrato foi encerrado ao fim do mandato do ex-prefeito Eduardo Paes. Com a nova gestão de Marcelo Crivella, uma avaliação dos custos do local está sendo feita para abrir a licitação e nenhum acordo de emergência foi realizado para manter a utilização do chamado Parque Radical.

As condições em Deodoro foram citadas pelo representante da Subsecretaria Municipal de Esporte e Lazer do Rio de Janeiro, Maurício Mendes Pinto, que participou nesta quarta-feira de audiência pública realizada na Câmara dos Deputados, em Brasília, que debateu o legado olímpico deixado pelos Jogos Rio-2016.

– No momento há um processo de contratação emergencial em paralelo ao projeto em que a Confederação passaria a utilizar o tanque. A Secretaria tem noção do problema mas não quer colocar a população em risco. Para se ter uma ideia, até jacaré a gente encontrou lá – afirmou o representante da Prefeitura durante a audiência pública.

A situação do local foi ironizada pelo deputado Fábio Mitidieri (PSD-SE).

– Se encontrou até jacaré dentro do tanque, esse é um local radical mesmo – comentou o parlamentar.

No projeto, tanto o circuito utilizado na Rio-2016 para as provas de canoagem slalom e a pista de BMX farão parte do Parque Radical, considerado um dos legados dos Jogos Olímpicos sendo o segundo maior parque da cidade do Rio de Janeiro com 500 mil metros quadrados. A ideia é que o local seja utilizado tanto para lazer como também por confederações para treinamento de alto rendimento.



  • Atiliorp

    Está Olimpíada assim como a Copa, só teve um proposito, corrupção e mão grande, mau tinha acabado a Olimpíada, seu Presidente Temer fez uma grande favor ao esporte, acabar com a obrigatoriedade da educação física no ensino médio. Esta corja de políticos tem que acabar ser exterminada e a primeira providencia seria mudar a lei, quem se envolver em corrupção ou qualquer outro crime não pode ser candidatar a nada, nem prestar concurso publico, assim como qualquer cidadão brasileiro

MaisRecentes

Vitória de Mufarrej no Botafogo não significará troca de funcionários



Continue Lendo

Presidente do COB diz que entidade já mudou e pede: ‘Vejam com outros olhos’



Continue Lendo

Corinthians espera premiação do Brasileiro em dezembro



Continue Lendo