Romário enviará relatório da CPI do Futebol ao Ministério Público da Espanha



O senador e ex-jogador Romário (PSB-RJ) enviará o relatório da CPI do Futebol para procuradores do Ministério Público da Espanha após o desdobramento de investigação que prendeu o ex-presidente do Barcelona e da Nike no Brasil, Sandro Rosell, e apontou o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira como parte do esquema que desviou cerca de R$ 30 milhões da Seleção Brasileira.

Romário presidiu a CPI do Futebol no Senado e divulgou, no final de 2016, um relatório paralelo ao do senador Romero Jucá (PMDB-RR), cujo conteúdo fez apenas recomendações de melhora na estrutura do futebol brasileiro. Já o relatório de Romário pede o indiciamento de oito dirigentes e empresários ligados ao futebol, entre eles os ex-presidentes da CBF, Ricardo Teixeira e José Maria Maria, e o atual mandatário da entidade Marco Polo Del Nero.



MaisRecentes

Na torcida por Cristiano Ronaldo, atacante João Carlos estará no banco do Flu neste sábado



Continue Lendo

Bioquímico que defendeu Guerrero pede que processos não sejam “inquisição moderna”



Continue Lendo

Palmeiras pode receber proposta pelo lateral Victor Luis



Continue Lendo